terça-feira, 19 de julho de 2011

Será que estou exagerando??Meus filhos são tudo!!

Gustavo tá cada vez mais grudado em me,desde de bebê ele só ficava calmo nos meus braços,então deixava de fazer as coisas de casa pra pegar ele toda vez que chorasse,e olha que chorava pouco quase não dava trabalho.tudo bem já que tinha apenas meses de vida.com o tempo deixava ele no berço brincando e fazia minhas coisas sem nem um problema!mas agora com 1 ano e 8 meses,ele não pode me ver saindo que abre o berreiro,as vezes fica roxo de tanto chorar,pra onde vou ele vai atrás.
Se o meu marido tiver em casa eu deixo ele ir pra onde quiser,até falo:"vai Gu ficar com teu pai!,marido pensa que quando ele não estar em casa tambem mando o gu sair de perto!!mas ele se engana.sozinha eu não deixo sozinho nem um minuto!tenho medo dele cair ou fazer algo que possa machuca-lo e logo levo ele pra onde vou,seja na cozinha lá está ele!,se estou no quarto,banheiro,sala ele com certeza está no meu lado!rsrsrs...Tenho tanto medo de deixa-los sozinho que não deixo muito meus filhos sairem com as tias,primas ou conhecidos.são raros as vezes que libero!minha cunhada até reclama comigo por que não deixo ela leva um deles com ela pra algum lugar.e pra falar a verdade as vezes que deixei eles ir,voltarão com arranhões,doentes e até com manhas que não permito!!comigo eles já se machugaram imagino londe de mim.

Então pergunto:Será que estou exagerando??

em tempo..

Dia 17/07 cortei as pontinhas do cabelo do Gu, ai que pena cortar os cachinhos!!é que já estava muito grande,e é claro que guardei um cacho!rsrsrs...mas tudo bem sei que logo crescerá.ele agora dá trabalho pra dormir,só meia noite é que consigo fazer dormir.

Deixo este lindo poema pra vocês mamães.

Ser Mãe é...

Ser mãe é:
Amar incondicionalmente alguém que nem se imagina um dia conhecer, e fazer desta vida, seu maior e mais importante projeto;
É dar um sorriso, mesmo quando se está machucada;
É olhar para o seu filho como se o mundo estivesse contido naquele momento;
É abdicar de muitas coisas e ao final, ter a certeza de que Valeu a pena!!!
É ter como conceito de vitória, cada passo, cada conquista, mesmo que estas conquistas venham embaladas com a palavra “até logo”
É criar o filho para vida e , mesmo nos momentos mais difíceis, ter a sabedoria de abrir os braços, ajudá-lo a se refazer, e mais uma vez se preparar para mais uma despedida...pois,
Ser mãe é isto...
É dizer não, quando gostaria de dizer sim,
É dizer sim, mesmo quando os olhos dizem não;
É criar um mundo de sonhos, alimentar estes sonhos e depois,
Deixar que ele próprio os realize
Ser mãe é encontrar a felicidade no simples fato de SER MÃE

4 comentários:

Lu,mamãe do Deko e da Leka disse...

Lindo esse poema..adorei ate vou copiar!kkk beijinhos

Angi disse...

Lindo poema!
Hoje mesmo falei sobre mulheres e mães...ótimo para refletir!
Beijocas

Michele disse...

Lindo demais. Acredito que ser mãe, sobretudo, é nos tornarmos uma pessoa melhor!

Um beijo!

Kariny - Mamãe Cristã disse...

vc não está exagerando não acho que toda mãe é assim (ou quase toda). eu tb levo a Kamila pra tudo que é canto onde eu vou, lá está ela. e é raro deixá-la com alguem, até pq ela não fica rs só com o papai mesmo! adorei o poema!! beijos